Programa (PET) Conexões de Saberes

O Programa Conexões de Saberes: diálogo entre a universidade e as comunidades populares foi criado por iniciativa do Ministério da Educação - MEC, por intermédio da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade - SECADI, em cumprimento às suas atribuições de responder pela formulação de políticas públicas de valorização da diversidade e promoção da equidade na educação, auxiliando a permanência de jovens das comunidades populares na universidade.


O Programa está em execução na UFPA desde 2005. Objetiva a valorização e fortalecimento acadêmico dos estudantes de origem popular em condição de vulnerabilidade social e acadêmica, por meio de projetos que ofereçam aos jovens vinculados às instituições públicas de ensino superior, a possibilidade de desenvolver a capacidade de produzir conhecimentos científicos e de intervir em prol das comunidades populares/baixa renda, principalmente, junto as crianças, adolescentes e jovens, nas escolas públicas estaduais e municipais de educação básica.


Na UFPA, campus do Guamá, o Programa é realizado/mantido com recursos da própria Instituição (PROEX/UFPA), atuando em duas escolas periféricas: Consuelo e Souza, bairro do Quarenta Horas (desde 2009), em Ananindeua, e Celso Malcher (desde 2011), bairro da Terra Firme, em Belém, com dois projetos, “Circuito de leitura: lendo para ser feliz” e “Conectando Saberes no ensino médio” e ainda na produção de vídeos; oficinas; mesa redonda; apresentação de trabalhos em eventos científicos/ culturais locais, regionais e nacionais; construção, articulação e fortalecimento do Fórum de Acompanhamento e Avaliação do projeto de Cotas UFPA, fortalecendo o vínculo com as comunidades populares e a necessidade de elaboração de políticas públicas de ações afirmativas.


Em 2010, através do edital 09 Secadi/Sesu, foi aprovado o projeto multidisciplinar PET/Conexões de Saberes: novo diálogo entre a UFPA e as comunidades populares, que em suas atividades e perspectivas de ações afirmativas muito contribui com PCS. O PET (Programa de Educação Tutorial) tem como objetivo fortalecer a permanência de estudantes de origem popular na universidade e a democratização do acesso ao ensino superior; ampliação da relação entre a universidade e as comunidades populares; formação de jovens universitários como pesquisadores e extensionistas, visando sua intervenção qualificada em diferentes espaços sociais, em particular, na universidade e em comunidades populares.


Profª Drª. Maria José Avíz do Rosário